Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Castilho

Preocupada com algumas obras paradas na cidade, a prefeita Fátima Nascimento cobrou de seus assessores agilidade para conclusão das mesmas.



Prefeita Fátima visita obras paradas e cobra agilidade da assessoria
CASTILHO –  No último domingo, Fátima visitou algumas que estão em fase de acabamento e outras que tiveram o contrato rescindido pelas empresas vencedoras das licitações.

Diferente de uma postura da velha política, quando um gestor ignorava obras iniciadas e não concluídas por seus antecessores, Fátima faz exatamente o contrário. “Não quero iniciar obras novas sem concluir as que já estão em andamento!”, enfatiza.


Uma dessas obras, herdadas da gestão passada é a creche-escola do bairro Nova Iorque. Após rescisão de contrato, ainda gestão anterior, o local foi alvo de furtos de vários materiais, inclusive portas que já haviam sido instaladas.

Uma nova licitação será realizada em breve para que outra empresa possa dar continuidade. A Câmara de vereadores já aprovou a abertura de crédito suplementar para tal finalidade. De acordo com o secretário de Obras, Willian Calestini, após reinício dos serviços, a empresa terá um prazo de 5 meses para concluí-la.

No mesmo bairro a prefeita visitou a quadra de esporte e constatou a necessidade de alguns reparos. Boa parte da iluminação está queimada e há uma barra de ferro no teto aparentemente solta. A caixa do padrão de energia que liga os refletores estava aberta sem o cadeado. “Isso não pode ficar assim”, comentou a Chefe do Executivo, já acionando um dos assessores para se atentar a questão.

No bairro Alípio a prefeita visitou outras duas obras, uma UBS (Unidade Básica de Saúde), já em fase de acabamento e uma creche-escola. “Aqui está quase pronto para ser inaugurado. Vamos ter um atendimento de qualidade na nossa Saúde com os consultórios médico, odontológico e até para gestantes”, disse a prefeita.

Nos cálculos do secretário de Obras em torno de dois meses o prédio estará apto para ser inaugurado. Já na creche escola ao lado, o prazo é um pouco maior, de três a quatro meses.

“Houve um erro da empresa na execução da obra, mas após a mesma ter sido notificada pela Administração o erro foi corrigido e os serviços já foram retomados”, explicou Calestini.

About Notícia Castilho

0 comentários:

Postar um comentário

Popular Posts

Tecnologia do Blogger.