Breaking News
recent
Recomende este Web Blog Site pelo WhatsApp
ligue: (18) 98194-0107 p/ Fotografar Festa

O vereador Wagner de Souza Oliveira, de Castilho, que está sendo acusado de assédio sexual por uma ex-aluna da autoescola onde ele também atua, enviou nota para o site Paparazzi News defendendo-se do que ele chama de "chantagem barata".


Vereador se defende de assédio, mas não explica gravação
Delegacia de Castilho investiga caso como infração de menor potencial ofensivo


LR1 - FERNANDO VERGA
Castilho


Waguinho fala em armação, mas não explica a gravação feita (Foto: Divulgação)


 A nota foi replicada por diversas páginas e gerou muitos comentários nas redes sociais, mas o vereador, que é casado e já foi presidente da Câmara e conselheiro tutelar, não explicou, sequer citou, a gravação feita pela acusadora, Milena Caetano, casada e moradora da mesma cidade.


O caso veio à tona com a publicação do áudio na internet, em que Wagner e ela conversam durante uma aula de instrução de trânsito da Autoescola Majupoli, em Castilho. Conhecido como Waguinho, o vereador insinua beijos, convida a mulher, para acompanha-lo ao motel "ou no veículo mesmo". Pela gravação, ele fala de si mesmo como "pegador", "malandro, macaco velho", "comedor".


A conversa se passa durante uma aula de baliza, no período noturno. Após o vereador insinuar entrar no carro mais uma vez para beijar Milena, que não estava conseguindo executar a manobra, ela estaciona o carro e sai andando, dizendo que não aguenta mais as "besteiras". Neste momento, ela afirma que durante outra aula ele mostrou o pênis, e ele responde que está "brincando". Ela continua andando e começa a chorar, enquanto ele pede para que ela entre no carro, dizendo que parou de "brincar". "Você vai acabar com a minha vida", diz ele. O marido de Milena chega ao local e discute com o instrutor. O áudio acaba em seguida.

"FATOS MENTIROSOS"
De acordo com a nota emitida pelo vereador, tudo não passa de uma armação de Milena, que estaria "tentando obter alguma vantagem, se pessoal ou até mesmo financeira"; "tenho informações seguras de que a senhora Milena já fez isso com outra pessoa, inclusive morador desta cidade", afirma. Wagner diz que comunicou os fatos à Delegacia de Polícia Civil, onde a mulher registrou ocorrência, "demonstrando a verdade dos fatos, requerendo, inclusive, a apuração da prática de denunciação caluniosa", continua a nota.


Ele afirma que o marido de Milena sempre acompanhou as aulas e seus colegas de trabalho são testemunhas do "respeito e consideração" que ele tinha com a aluna durante as aulas. Ele a acusa de estar tentando passar no exame de carro "no grito", "pelo fato dessa cidadã ter reprovado várias vezes nos testes".


De acordo com o delegado da Polícia Civil de Castilho, doutor Carlos Sérgio Falsiroli, foi aberto um Termo Circunstanciado de Ocorrência, próprio de casos considerados como infração de menor potencial ofensivo (crimes com pena máxima de dois anos). De acordo com o delegado, agora serão feitas diligências para apurar os fatos e analisar provas.

CÂMARA E AUTOESCOLA
A sessão da Câmara Municipal de Castilho, que acontece sempre às segundas, foi transferida para esta quarta-feira (10). De acordo com o presidente da casa, vereador Sebastião Reis de Oliveira, a mudança não está relacionada ao caso do vereador Wagner, mas sim à morte do professor Jhon Maycon Silva, 26 anos, ocorrida no domingo (7). "Era pessoa muito conhecida na cidade, amigos de vários vereadores e servidores; seu sepultamento coincidiria com o horário da sessão, por isso deliberou-se pelo adiamento", diz. O presidente informa que a Câmara não foi notificada sobre "qualquer inquérito ou outro procedimento que envolva o vereador. Caso seja, adotará as medidas que foram previstas na legislação", conclui.


A Autoescola Majupoli informou que o afastamento do instrutor foi a pedido e é momentâneo, pois continua trabalhando na empresa, diferentemente do que está sendo replicado nas redes sociais. A empresa também confirmou que Milena foi aluna dele nesta empresa. A reportagem entrou em contato com ela, mas não recebeu retorno.
Notícia Castilho

Notícia Castilho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Prefeitura de Castilho : Fundo Social ainda não se manifestou ao Caso de Wilson que perdeu a casa em incêndio

Segurança que perdeu casa em incêndio dorme há ‘3’ meses dentro de carro Fonte: texto e imagens  Paparazzi News Um baile beneficente ...

Recomende este Web Blog Site pelo WhatsApp
Fotografo ligue: 18 98194-0107
varanda Kabana Modas lucasil
Tecnologia do Blogger.